Dia do Belo

Queridos leitores!!

Domingo, 2.setembro, foi um dia maravilhoso no Solo Sagrado!

Um templo ecumênico, onde foi realizado o Culto Mensal de Gratidão + Culto do Belo.

Exposição de Ikebana, estilo Sanguetsu:  “A Misteriosa Energia da Flor”.

Visite este álbum para ver a exposição.

Segue o convite:

Liguem para agendar a visita: 11 5070-1000

E para terminar este post, segue o texto de Mokiti Okada, o idealizador da construção dos Solos Sagrados pelo Mundo.

A MINHA VIVIFICAÇÃO FLORAL

Futuramente escreverei um livro bem característico. Estou sempre vivificando as flores e há algumas até eu mesmo aprecio. Também sou elogiado, mas não apenas por galanteio. Então, quando vivifico alguma do meu agrado, fotografo-a para, posteriormente, colocá-la nesse livro. Isto porque, ultimamente, há tipos de vivificações muito esquisitas em voga. São vivificações em que se acaba matando as flores. A forma fica boa, mas elas não têm “sabor”. Seria como compará-las a uma pintura morta, com pinceladas sem vigor.

Levo apenas cinco minutos em minhas vivificações. As mais rápidas, faço em dois minutos. As flores apanhadas no jardim são melhores e no caso de as comprarmos em floriculturas, devemos vivificá-las assim que as obtemos. Esse método é muito bom. No caso de herbáceas, devemos juntar várias delas e vivificá-las rapidamente. Essa forma de vivificar não existe hoje em dia. Em geral, os professores de Ikebana definem uma forma. Recentemente as regras vem desaparecendo bastante, mas, desvido ao estilo ou da forma determinada pelo professor, a natureza acaba sendo violentada. Esse ato não corresponde à Verdade. Em suma, é preciso que vivifiquemos ao máximo os pontos positivos da natureza e a expressemos. É uma revolução na forma da vivificação floral. 
Além disso, há também a harmonia com o vaso. Sendo mais exigente, diria que é preciso combinar o arranjo com o tamanho do Toko-no-má(1), cor da parede e dos quadros. É preciso que o Toko-no-má, como um todo, constitua uma obra de arte. Quando consigo isso, sinto-me como estivesse vendo uma obra-prima da antigüidade. Mas é preciso que o quadro ou caligrafia também seja muito bem feita. É necessário que seja obra de um verdadeiro artista. Caso contrário, o quadro será rejeitado pela flor. Por isso, deve ser obra de um autor bem primoroso. A pintura ou caligrafia, o vaso e a flor devem combinar perfeitamente.
Acima, descrevi-lhes a “Arte da Flor”. Não há outra forma de explicá-la, a não ser mostrando-a. Por isso, apesar de não serem fotografias ótimas, já que os fotógrafos estão se empenhando ao máximo, pretendo pedir-lhes que as fotografem. É um empreendimento pequeno, mas uma revolução nesse campo. O mundo está exatamente às avessas. Por isso, ao invés de pintar as flores, deixando-as artificiais, vivifico-as o mais natural possível. A lógica é a semelhante à da Agricultura Natural. Pretendo escrever um livro sobre esses temas.(1) Toko-no-má – Nas casas japonesas, é a parte mais elevada de um degrau. Nela se colocam vasos com flores e na parede de fundo, quadros ou caligrafias.Mokiti Okada, em 15 de março de 1953.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A experiência de fé, foi da sra.Melinah Fernandes Caramelo.
Bom dia a todos.Meu nome é Melinah Fernandes Caramelo, sou messiânica há dois anos e, neste dia especial, em que comemoramos o Culto em homenagem a Coluna de Salvação através do Belo eu gostaria de compartilhar com todos os senhores minha

 experiência, que vem contribuindo muito para tornar-me a número um na vida das pessoas ao meu redor.Com o ingresso na fé messiânica, sempre procurei, no meu dia a dia, aprender e praticar os ensinamentos de Meishu-Sama. Com este empenho, minha família ganhou grande harmonia, pois passamos a fazer refeições juntos, ministrar e receber johrei diariamente, conversar mais, e a nos atentarmos um com a felicidade do outro. Inclusive, este ano fomos agraciados pelo nascimento do nosso segundo filho. É uma harmonia sem tamanho.

Além da missão de mãe, esposa, também trabalho em uma empresa e sempre estava pensando: “como fazer para arrumar tempo para dedicar para os outros, além do donativo de gratidão que ofereço mensalmente?”.

Então, após uma palestra no Johrei Center, onde o ministro nos orientou que devemos nos empenhar em criar oportunidades para fazer as pessoas felizes, decidi, em retribuição as graças que recebi, fazer uma dedicação junto aos meus amigos no trabalho através do belo.

Ao sair da Igreja nesta noite, comprei flores e passei a madrugada confeccionando minibana (pequeno arranjo de flor) com o sentimento de entregá-las aos meus colegas no ambiente de trabalho para que todos se tornassem felizes como eu me sentia.

Assim, no outro dia cheguei com 61 miniarranjos de flor e, ainda na porta, fiz o sonen, pedindo a Deus e Meishu-Sama para que todos as recebessem e sentissem o amor impregnado nelas.

Não sabendo de que forma entregá-las, cheguei cedo e fui até a mesa da coordenadora, que já se encontrava no recinto. Desejei-lhe bom dia e entreguei a sua flor.

Ela falou: -“Nossa como é linda! é Ikebana? Minha mãe também faz. Ela frequenta a Igreja Messiânica, não sei se você conhece.

Neste momento senti a atuação de Meishu-Sama me mostrando que seria um sucesso essa iniciativa. Respondi-lhe que eu era messiânica e que havia aprendido lá na igreja a confeccionar os mini arranjos e colocar todo o meu sentimento.

Então ela me disse emocionada: – “como é linda esta Luz Divina da Messiânica!”.

Nesse instante, aproveitei e perguntei: Você me autoriza a colocar uma flor em cada mesa?

Ela respondeu: É claro, por favor.

Passei de mesa em mesa entregando as flores e desejando que todos se tornassem felizes. Sem esperar, recebi diversos e-mails de agradecimento. Foi uma manhã de muita emoção e gratidão e fiquei muito feliz. Ao chegar ao final do dia, quando eu achava que minha missão havia sido cumprida, faltando 15 minutos para encerrar o expediente, tive uma grande surpresa.

Como minha mesa é voltada para uma janela, ao me virar, lá estavam as 61 pessoas do departamento, todas ao meu redor, portando um lindo cartão feito por elas e com diversas mensagens de agradecimentos, no qual, a grande maioria, pedia que Deus abençoasse a mim e a todos da minha família!

Todos me abraçaram, um a um! E eu chorei de emoção em sentir como é maravilhoso servir essa Obra e ser utilizada por Deus para fazer as pessoas felizes efetivamente. Foi um momento mágico.

Com esse resultado, a cada dia foi ampliando o desejo de ser útil, desenvolvendo as pequenas ações altruístas com o objetivo de sempre tornar feliz alguém próximo de mim. Assim, ate hoje continuo levando flores para o trabalho e entrego principalmente para as pessoas que sinto necessitar dessa Luz.

Aos poucos algumas delas vieram me indagar onde eu havia aprendido fazer os arranjos. Então, comecei a explanar sobre os ensinamentos de Meishu-Sama e tive a permissão de encaminhar nove colegas ao Johrei Center próximo do meu local de trabalho.

Ganhei a consciência que minha missão, no local onde trabalho, não é apenas profissional, mas principalmente de religar as pessoas a Deus. Ocorreu uma espécie de contágio em que, por varias oportunidades, os funcionários se prontificaram a servir pela felicidade uns dos outros e até mesmo de pessoas que não conhecem.

Hoje, vivencio a grande felicidade de ter me tornado a número um na vida de todos colegas que trabalham comigo. Sou muito grata por ter vivificado minha fé por intermédio das flores e dessa coluna de salvação que é o belo.

Reafirmo aqui neste sagrado altar o meu compromisso de a cada dia ampliar o meu empenho em servir esta Obra de Construção do Paraíso Terrestre, buscando por meio das ações altruístas levar Luz e tornar feliz as pessoas ao meu redor.

Muito Obrigada!


*Foto: Melinah Fernandes Caramelo – Setembro/2012
bjbjs
Anúncios

Sobre Schaefer, Marta Ide

artist, life lover, origami, ikebana, shodo, oshie, chado, professional traveller, art, bookbinding
Esse post foi publicado em FMO (www.fmo.org.br), Solo Sagrado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s